António Carneiro Jacinto
Quinta-feira, 8 de Fevereiro de 2007
A CULPA NÃO MORRERÁ SOLTEIRA

No momento em que graças, como sempre ao vereador Manuel Ramos são  conhecidos os resultados dos inquéritos disciplinares à técnica superior de contabilidade Telma Gonçalves e à funcionária administrativa especialista Otília Santos – que concluíram pelo seu arquivamento – e após leitura e análise dos relatórios finais da instrutora de Olhão, gostaria, de forma objectiva, deixar alguns sublinhados.

1-     Salientar antes de mais, o trabalho sério e honesto da instrutora, Drª Conceição Godinho, da Câmara Municipal de Olhão;

2-     Ao ilibar as referidas funcionárias da prática de actos ilícitos – à revelia dos seus superiores hierárquicos e dos decisores políticos –fez o que se esperava e era óbvio que viesse a fazer;

3-     Isabel Soares sabia, sempre soube, o que se estava a passar, ao contrário do que afirmou repetidamente em público:

Assim passo a citar os relatórios;

a)     “A arguida introduzia as facturas no programa informático da contabilidade …e mais tarde relativamente aos contratos de Factoring validava-as,… elaborando ofícios que remetia à Srª Presidente;

b)    “As facturas, quando chegavam ao conhecimento da arguida, quando esta as manuseava para as inserir no programa da contabilidade, já nelas havia sido dado o despacho designado como ordem de pagamento assinado pela Srª Presidente”.

4-     “Acrescenta o Dr. Carlos Sequeira, Chefe da Divisão Financeira, que     até à instauração do processo de inquérito que originou os agora processos disciplinares, os procedimentos de aquisição de bens e serviços, efectuados fora da Divisão Financeira, com conhecimento dos membros do executivo, não respeitavam a Lei nem a Norma de Controlo Interno, aprovada em reunião camarária. Alertou por diversas vezes os superiores hierárquicos, quer verbalmente quer por escrito”.

5-     Decorre do precedente que os inquéritos sobre processo disciplinar aos Dr. Carlos Sequeira, Engº. Henrique Brás e Sr. Vítor Rocha só podem vir a ser arquivados. No caso específico do Chefe de Divisão Financeira fica claro, como foi escrito anteriormente de que se limitou a cumprir ordens recebidas de Isabel Soares.

6-     Para que a culpa não morra solteira sobra a responsabilidade politica. Neste aspecto há um ponto que gostava de deixar muito claro: não compreendo e considero inaceitável o silêncio e a inacção da IGAT. Do mesmo modo não entendo o que é que a Policia Judiciária andou a fazer na Câmara Municipal de Silves.

Para aqueles que me têm criticado por só saber falar mal de Isabel Soares, talvez agora percebam melhor por que é que o faço. Factos são factos ainda mais vindos de uma responsável independente.

Fico na expectativa dos vossos comentários e para que não subsistam dúvidas relativamente ao que deixei escrito recomendo-vos vivamente que consultem o blogue de Manuel Ramos onde podem encontrar os textos na íntegra, dos relatórios finais da instrutora dos processos.

 

PS. Amanhã comentarei as ideias, elogios, criticas e outros que têm deixado aqui no blogue



publicado por António Carneiro Jacinto às 22:18
link do post | comentar | favorito
|

10 comentários:
De Ricardo Luz a 9 de Fevereiro de 2007 às 22:02
É de louvar o tue foi feito desta vez, ao contrário do que foi feito no primeiro relatório. Ficou provado, finalmente, que os funcionários só fazem o que lhes é mandado fazer. Espero que sirva de exemplo para outros funcionários, e que estes só façam o que a consciência própria lhes ditar. Agora chegou a hora de apurar as responsabilidades políticas e judiciais dos actos praticados. A culpa não pode morrer solteira.

ps- As melhoras, António. Espero que a recuperação seja rápida, como a dos jogadores de futebol


De SILVENSE INDEPENDENTE a 9 de Fevereiro de 2007 às 23:40
Senhor Carneiro Jacinto.
Antes do mais as minhas desculpas pelo facto daquilo que vou escrever não ser propriamente um comentário ao que o senhor acima publicou. Esse fá-lo-ei de seguida.
Posto isto queria dizer-lhe muito sinceramente que não sei, mas também não é importante para mim saber, se o senhor é ou não apoiado pelas cúpulas do PS local, regional ou nacional. O que sei é que o seu aparecimento na política silvense mexeu com muita gente e pôs a pensar todos aqueles que se sentiam ou que se julgavam e julgam imunes a qualquer mudança.
Onde se nota o maior incómodo pelo facto do senhor ter apresentado a sua candidatura é nas cúpulas do Partido Socialista Local, em que cerca de 90% dos seus elementos estão “comprometidos” com o sistema e o poder instituídos. A presença destes senhores e senhoras do PS na Câmara, na Assembleia Municipal e nas Juntas de Freguesia, como oposição, e desde que Isabel Soares está no poleiro, tem-se pautado pelo alheamento e passado praticamente despercebida. A postura dessas personagens, com explicação no motivo que atrás referi, é do conhecimento ou perceptível ao comum do eleitor do concelho.
A sua entrada em cena, denunciando as situações anómalas na Câmara Municipal e apresentando-se como alternativa à política por todos seguida e praticada desde o desaparecimento de José Viseu, deixou os “Lideres” locais do PS completamente embaraçados e, a prova está no seu quase completo silêncio e nas posições tomadas tanto na Câmara como na Assembleia, em relação ao chamado caso Viga D’Ouro, na apreciação e votação do Orçamento para 2007 e escandalosamente, na Assembleia de Armação de Pêra.
Sabe-se que os militantes Socialistas sejam os oitenta que estão filiados e todos os outros não se identificam com estes senhores; procuram e precisam ansiosamente de uma referência que os façam acreditar. Sabe-se também que o senhor já lhes entrou no pensamento e que seguem atentos e esperançados os seus passos e as suas diligências.
Avizinham-se tempos difíceis e a tarefa é muito complicada, mas acredito que, continuando nessa senda vai pelo bom caminho e que a população do Concelho de Silves, porque é inteligente, não o vai defraudar com o seu incondicional apoio.
Bem haja.



De Paulo Silva a 10 de Fevereiro de 2007 às 01:26
Apoiado! Subscrevo cada palavra.

Estou farto do PS Silves e dos "cromos" que por lá andam... Ninguém se revê "naquilo" e os poucos que estão de alma são desaproveitados... Nas eleições procuram para as listas os "nulos" que não lhes façam sombra... a estratégia é perfeita...


De SILVENSE INDEPENDENTE a 10 de Fevereiro de 2007 às 02:00
Senhor Carneiro Jacinto.
Desculpe mas, embora compreendendo, não posso concordar com a sua apreciação sobre o desfecho dos processos disciplinares das duas funcionárias, que culminou com o seu arquivamento.
Se o senhor conhecesse o relatório final sobre o mesmo assunto, elaborado pela instrutora de Tavira e ou se conhecesse o Decreto Lei que versa o Dever de Zelo dos funcionários e agentes da administração central, regional e local, não poderia ilibar as funcionárias. Pelo facto de terem cumprido ordens não significa que não tenham violado a lei.
Todos sabemos, incluindo as instrutoras dos processos e as autoridades, que as ordens partiram todas de Isabel Soares, desde o início; contudo, os funcionários colaboraram e cumpriram as ordens, todos eles por interesse, cada um com a sua especificidade.
O senhor saberá como eu que, a falta de categoria da oposição e a inteligente jogada de Mendes Bota em Portimão, exigindo ao governo a actuação da IGAT e da PJ para investigação de eventuais actos de corrupção na Câmara daquela cidade e na de Lagos, levou a que José Sócrates impedisse a vinda da IGAT à Câmara de Silves.
Acho que não vale a pena falar mais neste assunto, pois é o mesmo que chover no molhado, ou melhor dizendo, a montanha vai parir um rato.


De gabriela rocha martins a 11 de Fevereiro de 2007 às 19:51
Faço minhas as suas palavras ,"Camarada"!


De REVIRALHO a 27 de Fevereiro de 2007 às 01:29
Oh! PAULO SILVA, perdeste uma boa oportunidade de ficares calado e como pela lingua morre o peixe...Foi exactamente por isso... pela tua nulidade que tens aceite integrar listas do PS... e foi no passado para a Assembleia de Fregeusia de Messines.... como mais recentemente para a Assembleia Municipal.... Claro que ai aparecias mais identificado como PAULO DINIZ. Quem não te conhecer que te compre... Quando fores integro e coerente reaparece....


De Anabela Freitas a 10 de Fevereiro de 2007 às 15:56
Estou de acordo consigo.
Os vereadores do PS não têm tempo para fazer oposição, andam a tratar da vidinha deles, claro.
Até parece mais uma coligação.
O interesse é estra fora da Câmara e dentro das situações.


De REVIRALHO a 27 de Fevereiro de 2007 às 01:40
Eis uma visão clara e evidente... A LISETE e o SERPA aproveitaram a oportunidade para relançar os seus consultórios... e quem ficou a perder com isso foi o PS pois nenhum deles é valor politico acrescentado. Claro que a dois anos de distancia ambos já se perfilam... particularmente a candidata que para concorrer com a ISABELINHA já se perfilou para a próxima época.


De josé meireles a 10 de Fevereiro de 2007 às 12:03
Desculpem-me, mas eu tenho que dizer isto! É obvio que a responsabilidade é da presidente. Os funcionários limitam-se a cumprir a sua tarefa e não estão a agir de má fé. Agora é ridículo uma "pessoa" fazer o que faz e deixar os funcionários em maus lençóis, ou seja, abrir um inquérito para provar a culpa dos funcionários. O relatório final concluía que que " tudo se passava sem respeito e cumprimento da Lei". Então quem é que não cumpre a Lei, não é o executivo camarário?
Com o que o Silvense Independente referiu, adensa-se o que já comentei em post's anteriores. O governo central deu ordens para que se investigasse todas as Câmaras PSD, CDU e CDS, excepto as do PS. Mas como toda a gente tem telhados de vidro, o Mendes Bota deu uma de mestre ao vir a Silves apoiar a presidente PSD e de seguida pede uma investigação às Câmaras de Portimão e Lagos, por alegados casos de corrupção, ambas PS. Assim, meus amigos não creio na justiça em Portugal e podem crer "que a culpa morrerá solteira". E são situações destas que me custam ver no meu País e sobretudo em Silves terra iluminada pelo Sol desde o nascer ao pôr.
Um abraço e até breve.


De Fernando de Sousa a 11 de Fevereiro de 2007 às 19:49
Isto anda mesmo a precisar de uma varridela de norte a sul...Mas ainda há alguém que acredite no poder estabelecido, seja ele nacional, regional ou local? Mas alguém duvida que as gestões camarárias, sejam elas PSD, CDS-PP, CDU ou PS, são todas elas corruptas e/ou corruptíveis? E o Dr. Mendes Bota, agora tão "inteligente", que esconderá debaixo do capachinho? Não foi ele também Presidente de Câmara? Bem sabe as linhas com que se coseu, por isso não é por aí que o Eng. José Sócrates proibiu ( quando? ) a vinda do IGAT a Silves.

Quanto aos dirigentes Socialistas locais. Mas há dirigentes socialistas locais? Onde? E quem são? Alguém dá por eles?
Olhe que não é com esses que o Sr. Carneiro Jacinto tem de se preocupar! Esses, meu Amigo, já têm o que queriam. O tacho à medida. Excepto a Drª, mas essa, continua a viver numa outra galáxia


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

NOVO BLOGUE

COMPROMISSO DE HONRA

SOBRE AS FEIRAS MEDIEVAIS...

MAIS UMA HISTÓRIA INTERMI...

TRÊS REFLEXÕES EM TEMPO D...

SÃO MARCOS DA SERRA - UM ...

UMA ENORME TRISTEZA ...II

UMA ENORME TRISTEZA ...

DE COMO SE "PERDEM" MILHÕ...

O QUE É PRECISO PARA GANH...

arquivos

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

links
VISITANTES
Relógio
Fazer olhinhos
blogs SAPO