António Carneiro Jacinto
Quarta-feira, 27 de Junho de 2007
UMA ENORME TRISTEZA ...

Acordo com a notícia, várias vezes repetida de que, segundo o Anuário Financeiro dos Municípios, apresentado hoje publicamente pela Câmara dos Técnicos de Contas, existem 48 câmaras municipais em ruptura financeira. Inquieta-me a ideia que Silves possa estar neste grupo. Quando saio à rua e leio o Jornal de Negócios, confirmam-se os piores presságios.

É com profundíssima mágoa e tristeza que vos informo de que, entre os 308 concelhos de Portugal, Silves é o 15º.em ruptura financeira e o 13º.com menor liquidez.

O estudo refere-se a dados fornecidos pela Câmara Municipal de Silves, relativos à Conta de Gerência de 2005, e faz pela 1ª.vez uma análise comparativa dos principais indicadores da gestão autárquica.

Relativamente à relação entre a dívida a fornecedores e as receitas totais do ano anterior (2005), Silves surge no já referido 15º.lugar com 81,8%, numa lista encabeçada por Gondomar (131,2%). Neste capítulo, entre os melhores podemos encontrar Albufeira (0,4%), S. Brás de Alportel (0,8%), Lagos (1,1%) e Vila do Bispo (1,2%), no que ao Algarve diz respeito.

Relativamente ao somatório de créditos sobre terceiros e disponibilidades subtraídas das dívidas a terceiros, Silves é o 13º.concelho do país com menor liquidez (- 24,8 milhões de euros), numa lista encabeçada por Lisboa (- 317,4 milhões de euros). Neste capítulo, entre os melhores, encontramos Albufeira (+ 14 milhões de euros), Lagos (+ 5,8 milhões de euros), Lagoa (+ 3,1 milhões de euros), Loulé (+ 2,8 milhões de euros) e Castro Marim (+ 2,5 milhões de euros).

Em resumo, das 48 Câmaras em ruptura financeira, apenas Silves integra este grupo no conjunto de todas as autarquias do Algarve.

Se fosse um irresponsável rejubilaria com esta péssima notícia e faria dela arma de arremesso político. Felizmente que não sou. O que mais me preocupa são os efeitos que esta situação terá no futuro do concelho. E o futuro é o dos meus e dos vossos filhos, dos meus e dos vossos netos, enfim de todos aqueles para quem as decisões políticas, quando tomadas irresponsavelmente, afectam directamente.

Publicarei amanhã um mapa para que todos possam reflectir sobre a actual situação financeira da câmara.

É na adversidade que encontramos estímulos para as grandes batalhas. Contem comigo, como eu conto convosco, para darmos a volta a esta triste situação. É esse o nosso principal dever de cidadania.

 



publicado por António Carneiro Jacinto às 21:13
link do post | comentar | favorito
|

9 comentários:
De Nuno Palma a 28 de Junho de 2007 às 11:43
A Dra. Isabel Soares vai convocar uma cconferência de imprensa e vai dizer que quem fez o estudo foram 4 meninos mal comportados que nem a 4ª classe devem ter e que não sabem fazer contas, porque se soubessem, Silves seria o Miunicípio do Algarve com menos dividas e maior liquidez financeira...


De paula s........ a 28 de Junho de 2007 às 12:55
continuo sem perber, desgraça após desgraça, mas tentar eleições antecipadas nada........ diga-me só uma coisa Sr. CJ, porque não avança já? medo da derrota, falta de confiança ou falta de apoio partidário?


De SILVENSE ATENTO a 28 de Junho de 2007 às 13:13
Cara (o) Paula (o) s…
Tenho acompanhado as suas intervenções e desculpe que lhe diga; ou você não percebe nada disto ou então só quer é picar e provocar o homem.
Então não sabe que ele por si só não pode avançar com nada, têm que ser os partidos a pedir ou a provocar essa treta de eleições antecipadas?.
Olhe, deixe-me que lhe diga: só uma pessoa que não está no seu perfeito juízo (seja independente ou seja do partido A, B, C ou D) é que se vai meter na Câmara de Silves, nas condições em que aquilo está e pode crer que está mesmo muito mal; sei do que estou a falar. Acho até que quem lhe comeu a carne devia também de roer os ossos.


De Paula s........ a 30 de Junho de 2007 às 12:02
SILVENSE ATENTO obrigado por me acompanhar, é sinal que me dá importancia!
Quanto ao CJ não o quero picar, muito pelo contrário, gostava que iniciasse uma mudança.
Agora sou eu que lhe digo que não percebe nada disto ou então está desatenta. porque? eu explico-lhe: o sr. CJ, no post escreve com um ar jornalistico e muito heroico, que está cá para nos representar seja qual for a realidade da CMS, certo? entã, volto a reescrever (voce se calhar desatentou-se), ele que use a sua influencia em Lisboa (o proprio diz que lá vai muitas vezes) junto dos seus conhecimentos jornalisticos (que são muitos) e aparece na Tv a dizer "PSD com dois pesos e duas medidas, pois em Silves IS é arguida! Ela cai logo e o CJ defende-nos tão heroicamente.
Quando diz que sabe muito, informe-se porque qualquer municipi pode ir a reuniao da AG e pedir demissão da IS, o pedido pode é não ser aceite.
Quanto ao CJ acho que é uma excelente pessoa, mas vai pagar o preço deste blog, pois parece uma "velhinha alcoviteira"! Sem ofensa.


De Anónimo a 28 de Junho de 2007 às 17:58
Como é possível que,depois de declaradamente ser verificada uma gestão ruinosa, DANOSA, a mais alta responsável por essa gestão, ainda tenha coragem para se recandidatar a um novo mandato, como se não tivesse importância a situação que provocou?.

Sim, porque não é possível alijar a responsabilidade de uma tão incompetente gestão.Uma gestão desta natureza, em qualquer empresa dá logo lugar a suspensão e apuramento de responsabilidades.

Será que não tem importância por serem os dinheiros públicos? Não creio.

Estaremos condenados a ver a mesma pessoa e seu séquito de incompetentes continuarem à frente dos destinos da nossa Autarquia?`

Que quem de direito acorde de vez e ponha fim a esta caminhada para o abismo.

Silves merece mais.




De Joao a 28 de Junho de 2007 às 20:04
É uma vergonha.
Ficamos só em 15º lugar.
Mais um casopara dizer ALELUIA


De Filipa Simões a 29 de Junho de 2007 às 21:45
Realmente é triste, principalmente quando este descalabro financeiro surge de quem tanto criticou José Viola, a divida que jose viola deixou perto desta é uma misera gota no oceano.
Haja seriedade, por favor.


De Joaquim Santos a 1 de Julho de 2007 às 22:54
Srª Filipa Simões
Recorde me como fosse hoje o que disse a Srº Presidente e o pasquim sobre a divida do Srº Viola. Quase que crucificaram o homem. Segundo parece não chegava a dois milhões de euros. Pois é enquanto nos termos a memoria curta somos comidos por tolos.
Joaquim Santos


De José Meireles a 2 de Julho de 2007 às 19:41
Sr. Joaquim Santos

Para sermos mais precisos, após consulta do documento escrito pelo Dr. Francisco Martins, em 1997 o Passivo Corrente da CMS era de 2,3 milhões de euros e o Passivo Financeiro era de 1,3 milhões de euros; enquanto que em 2005 temos um Passivo Corrente de 27 milhões de euros e um Passivo Financeiro 7,4 milhões de euros.

É caso para dizer ... os outros é que são os maus, não sabem governar a casa. E agora, como é?


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

NOVO BLOGUE

COMPROMISSO DE HONRA

SOBRE AS FEIRAS MEDIEVAIS...

MAIS UMA HISTÓRIA INTERMI...

TRÊS REFLEXÕES EM TEMPO D...

SÃO MARCOS DA SERRA - UM ...

UMA ENORME TRISTEZA ...II

UMA ENORME TRISTEZA ...

DE COMO SE "PERDEM" MILHÕ...

O QUE É PRECISO PARA GANH...

arquivos

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

links
VISITANTES
Relógio
Fazer olhinhos
blogs SAPO