António Carneiro Jacinto
Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2007
COMEÇOU A CAMPANHA ELEITORAL

Grande dia. Este era o momento porque eu mais aguardava: Isabel Soares, pela voz de Mendes Bota, e através do Correio da Manhã, anunciou a sua recandidatura à presidência da Câmara Municipal de Silves. Mais: manifestou “ uma vontade férrea de ir a votos”.

Grande dia por múltiplas razões:

1.A minha candidatura não faria grande sentido politico, nem me daria qualquer” gozo” pessoal (no bom sentido do termo entenda-se) se Isabel Soares não se recandidatasse;

2. Já vos tinha dito que era minha convicção pessoal que assim seria;

3.Não podia era imaginar que seguisse as minhas pisadas e a anunciasse com três anos de antecedência (  agora  fico à espera das mesmas criticas que me dirigiram  por o ter feito em 4 de Dezembro de 2006…foi só esperar um mês…);

4. Por o anúncio ter sido feito por Mendes Bota reconhecido “ admirador “ de Isabel Soares e “apoiante incondicional” de Marques Mendes…;

5.Por a Comissão Politica Distrital do PSD/ Algarve considerar que a situação na Câmara de Silves é um mero problema administrativo que estará resolvido ainda este mês, o mais tardar no próximo…;

6. Considerar que (esta é para mim) tudo se resume a “ cenas lamentáveis de oportunismo delirante por parte de certas personagens”, depois de uma catilinária contra os partidos da oposição;

7. Por, perante este quadro, no mínimo insólito, Isabel Soares não dizer nada - quem cala consente;

8. Finalmente, porque este anúncio indica claramente a importância que a Câmara Municipal de Silves tem para o PSD.

Dito isto começou a campanha eleitoral. Agora, como se diz na gíria, quem tem unhas toca viola…

Neste momento queria saudar Isabel Soares por, ao fim de doze anos (vão ser mesmo doze!...) na presidência da Câmara de Silves ter ainda uma vontade férrea de continuar.

Partimos, para esta luta, que espero leal e correcta, em condições desiguais:

a)     Se o actual executivo, e sobretudo a sua Presidente, já vivem em campanha eleitoral permanente, o regabofe agora vai ser total;

b)    Não tenho fortuna pessoal;

c)     Não tenho ligações, nem apoios financeiros, de qualquer empresário do concelho ou fora dele;

d)    Não sou o responsável máximo pelo maior empregador do concelho, a Câmara Municipal, com tudo o que isso significa de pressão sobre largos milhares de pessoas.

Mas estou optimista e vou à luta. A luta das ideias, de um novo projecto, de olhar para todos da mesma maneira ricos ou pobres, jovens ou idosos, de provar numa palavra que há mais vida para lá de Isabel Soares. Não se resignem, não tenham medo, defendam-se, critiquem, batam-se pela mudança com a diferença.

Neste dia muito especial só vos prometo uma coisa: chegada a altura dir-vos-ei, a todos, ao que venho e qual o meu projecto   . Não ficará nada, mas nada por esclarecer, tudo será claro como água: os apoios políticos, as contribuições financeiras, a minha equipa, quem como e porquê, e o que irei fazer se me derem a vossa confiança.

Neste dia quero agradecer à equipa que comigo tem trabalhado, a todos os que, ainda a medo, me têm dado o seu estimulo e apoio.

A campanha eleitoral começou: vamos a ela.

 

 

 

 



publicado por António Carneiro Jacinto às 00:01
link do post | comentar | favorito
|

28 comentários:
De Repetidor a 11 de Janeiro de 2007 às 00:30
Já me pronunciei no post anterior, cujo comentário, espero, não apague. Apenas acrescentarei que de violas já chega e que "claro como água" só tem significado se esta for límpida, já que incolor é cada vez mais rara...


De SILVENSE INDEPENDENTE a 11 de Janeiro de 2007 às 21:27
Senhor Carneiro Jacinto, saudá-lo pela sua candidatura à presidência da Câmara Municipal de Silves será pouco; qualquer cidadão que reúna dois ou três requisitos, poderá fazê-lo. Saúdo sim e acima de tudo, a Virtude que o anúncio da sua candidatura teve. Não fôra a sua coragem e o seu interesse e estaríamos praticamente na santa ignorância sobre a gestão ruinosa do actual executivo e do antecessor, pois salvo algumas atitudes excepcionais e louváveis, mas inconsequentes, de alguém da oposição, pouco ou nada se saberia da bagunça que tem sido a actuação de Isabel Soares, uma prática que se desejaria no mínimo, conforme as regras democráticas.
A agitação desordenada que a sua Virtude provocou nos meios sociais, económicos, camarários, políticos e na comunicação social, não foi só a nível do Concelho e da região, ela atravessou as suas fronteiras, chegou às primeiras páginas dos jornais e das televisões nacionais … ao conhecimento do país; fugiu do controlo de Isabel Soares e criou um monumental problema ao PSD Nacional, que ainda não conseguiu digerir Valentim Loureiro e Isaltino Morais e têm bem presente o fantasma de Fátima Felgueiras.
A força da sua Virtude culminou na 2ª feira passada, com a “Forçada” tomada de posição da Direcção Distrital dos laranjas e o anúncio da recandidatura de Isabel Soares às eleições de 2009, pela boca do “malabarista” Mendes Bota (até p’ra isto têm que ser os outros a falar pela Belinha).
Sabe-se que Isabel Soares se recandidata porque está ferida no seu orgulho, porque lhe descobriram a careca quando se julgava imune a esta espécie de “Operação Furacão”. Mas senhor Carneiro Jacinto, o senhor sabe que eu sei que você sabe que a razão da recandidatura de Isabel Soares tem outras motivações, que são muito superiores ao seu orgulho e que passam pela impossibilidade de rompimento com compromissos económicos assumidos com Lobies muito fortes; uns representados pelo irmão, pelo Grupo Oceanic dos Campos de Golfe e outros; foram estes “orgulhos” que pressionaram a Distrital do PSD e Mendes Bota; o senhor bem sabe que é esta a realidade. Sabe-se quem patrocinou a campanha de Isabel Soares nas últimas eleições e os porquês estão bem à vista. Foi por estas razões todas que se afastaram e foram afastados os vereadores que já compuseram as equipas de Isabel Soares.
Deveria ser breve porque é um comentário, nas não resisti e tive que dizer o que sei e penso e caso me permita amanhã concluirei.



De António Guerreiro a 11 de Janeiro de 2007 às 00:53
Estive a ver o seu blog e, parece-me que iniciou de uma forma um pouco atabalhoada , com muitos comentários e muito diz que disse, mas agora, parece estar mais sóbrio e a entrar nos carris.
Segundo a minha leitura política, o facto, que devo confirmar, mas conhecendo como conheço a Dra. Isabel Soares sei que é possível, de apresentar candidatura é um sinal importante para si e para os outros partidos da oposição.
Neste momento, os candidatos à CM Silves passou a estar na ordem do dia. Por isso a Isabel Soares faz uma de mestre, apresenta-se a eleições desde já.
Ninguém pode ignorar da vontade da actual edil, portanto se não concorrer é porque sabe que vai perder. E deste modo, entala os partidos da oposição que não apresentarem uma alternativa. Mostrando que apesar de pedirem eleições antecipadas, nenhum tem candidato para ir a votos.
O senhor tem a sua oportunidade de dizer a todos que a sua candidatura é mesmo a sério e começar a arranjar apoios dos cidadãos do concelho e apoios financeiros para a campanha, para não deixar de ser notícia.
O PS e a CDU têm, neste momento, de até ao Verão definir a sua estratégia eleitoral, porque caso contrário, vão, à última da hora, arranjar um candidato, sem alma, sem projecto e com pouca coisa para dizer.
Portanto a minha análise é que a Dra. Isabel Soares continua a saber de política e quer provar que os partidos da oposição querem eleições antecipadas mas não têm ninguém credível para concorrer.
Portanto, a partir de agora é mesmo a sério. Aconselho-o a começar por pedir uma reunião a todos os presidentes das Juntas de Freguesia para ouvir de viva voz os problemas que se deparam nas suas áreas de gestão.
Nada tem a perder. Se os presidentes o receberem, e penso que sim, percebe a diversidade de situações do nosso concelho e pode assumir que têm neles parceiros de diálogo, desde já.
Se os presidentes não o receberem, o que penso que não vai acontecer, é por pura ignorância política ou por representarem os partidos por onde forem eleitos e não os cidadãos das suas freguesias. Nesse caso, além de denunciar esta situação à imprensa de partidarização dos órgãos municipais deve, entrar em contacto de viva voz, com os habitantes da freguesia e com as associações e colectividades.
Não pretendo dar-lhe conselhos, mas se a Dra. Isabel Soares avançou na candidatura, acho muito bem que apareçam alternativas e que os partidos da oposição mostrem de facto quem são os seus candidatos para irem a eleições contra a actual edil.
Um abraço
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Estive a ver o seu blog e, parece-me que iniciou de uma forma um pouco atabalhoada , com muitos comentários e muito diz que disse, mas agora, parece estar mais sóbrio e a entrar nos carris. <BR>Segundo a minha leitura política, o facto, que devo confirmar, mas conhecendo como conheço a Dra. Isabel Soares sei que é possível, de apresentar candidatura é um sinal importante para si e para os outros partidos da oposição. <BR>Neste momento, os candidatos à CM Silves passou a estar na ordem do dia. Por isso a Isabel Soares faz uma de mestre, apresenta-se a eleições desde já. <BR>Ninguém pode ignorar da vontade da actual edil, portanto se não concorrer é porque sabe que vai perder. E deste modo, entala os partidos da oposição que não apresentarem uma alternativa. Mostrando que apesar de pedirem eleições antecipadas, nenhum tem candidato para ir a votos. <BR>O senhor tem a sua oportunidade de dizer a todos que a sua candidatura é mesmo a sério e começar a arranjar apoios dos cidadãos do concelho e apoios financeiros para a campanha, para não deixar de ser notícia. <BR>O PS e a CDU têm, neste momento, de até ao Verão definir a sua estratégia eleitoral, porque caso contrário, vão, à última da hora, arranjar um candidato, sem alma, sem projecto e com pouca coisa para dizer. <BR>Portanto a minha análise é que a Dra. Isabel Soares continua a saber de política e quer provar que os partidos da oposição querem eleições antecipadas mas não têm ninguém credível para concorrer. <BR>Portanto, a partir de agora é mesmo a sério. Aconselho-o a começar por pedir uma reunião a todos os presidentes das Juntas de Freguesia para ouvir de viva voz os problemas que se deparam nas suas áreas de gestão. <BR>Nada tem a perder. Se os presidentes o receberem, e penso que sim, percebe a diversidade de situações do nosso concelho e pode assumir que têm neles parceiros de diálogo, desde já. <BR>Se os presidentes não o receberem, o que penso que não vai acontecer, é por pura ignorância política ou por representarem os partidos por onde forem eleitos e não os cidadãos das suas freguesias. Nesse caso, além de denunciar esta situação à imprensa de partidarização dos órgãos municipais deve, entrar em contacto de viva voz, com os habitantes da freguesia e com as associações e colectividades. <BR>Não pretendo dar-lhe conselhos, mas se a Dra. Isabel Soares avançou na candidatura, acho muito bem que apareçam alternativas e que os partidos da oposição mostrem de facto quem são os seus candidatos para irem a eleições contra a actual edil. <BR>Um abraço <BR class=incorrect name="incorrect" <a>AG</A> <BR>


De NÃO ME ESCAPA UM E UMA a 11 de Janeiro de 2007 às 01:14
Foi por outras parecidas com esta que o GRANDE LIDER DE OPINIÃO Antonio Guerreiro teve a votação que toda a gente sabe quando foi candidato pelo PS.


De António Guerreiro a 11 de Janeiro de 2007 às 10:25
Sabe que há muitas pessoas que gostariam de ser candidatos mas que nem conseguem apoios para ir a votos. Felizmente não sou desses. Contudo fico grato por saber que o escrevedor teria muito melhor resultado se fosse a votos. Por isso convido-o a vir a público apresentar as suas ideias, talvez possa vir a ser um seu apoiante.
AG


De euviumsapo a 11 de Janeiro de 2007 às 12:37
Os senhores vão um bocado adiantados.

Ainda haverá muita água a correr pelas pontes deste concelho.

Mas de cedo se avista o perigo.


De jose meireles a 11 de Janeiro de 2007 às 15:44
Calma Sr. Dr. , Carneiro Jacinto, não fique eufórico por lhe terem dado um rebuçado. O Sr. agora só tem que demonstrar que o merece, ou seja, tem que conquistar o eleitorado.
Conheço a força e a vontade de Isabel Soares e se ela fez o que fez até aqui, vai continuar a lutar para manter o eleitorado até às eleições.
Para IS , se recandidatar a três anos-luz de distância é porque vai iniciar um novo ciclo de combate, desgastando-o até à exaustão. Está feliz por saber que já tem um adversário, mas a seu tempo terá mais.
Eu no seu lugar ficaria preocupado por não ter de momento um projecto para apresentar aos munícipes de Silves (está a correr o risco de passar por bluff ). Apesar da falta de pagamentos e das travessuras administrativas na adjudicação das obras, Isabel Soares, vai surgindo com alguma coisa feita, ainda que seja de betão (infelizmente é assim). Não se esqueça que o "povo quer ver obra feita, não se preocupando à custa de quê e de quem".
Estamos a três anos de novas eleições e quando surgir o novo período eleitoral todo este burburinho passou e não nos podemos esquecer que " águas passadas não moem moinhos".
Penso que o Sr. se precipitou na candidatura. É demasiado cedo e todas as críticas que direccionar a IS , servirão para se autodisciplina de modo a que o eleitorado esteja de bom relacionamento com ela (infelizmente).
Como observador, apraz-me dizer que, ao contrário do que o professor António Guerreiro diz, a CDU não tem até ao fim do verão para apresentar um candidato. A CDU, penso, está no caminho certo, vai assistir ao desfecho, ao confronto político entre o Sr. e IS . A CDU, em meu pensamento, vai esperar pelo momento certo, para apresentar o seu candidato e fá-lo-á quando achar que é oportuno. A CDU, continuo a dizer, possui nas suas fileiras gente capaz, com carisma, com projectos para o concelho.
A seu tempo o candidato surgirá. Não esqueçamos que a CDU tem um vereador activo, perspicaz, honesto, lutador e que vai mostrando o seu trabalho e esclarecendo o eleitorado no blog do vereador.


De Francisco de Sousa a 11 de Janeiro de 2007 às 21:49
Ninguém contesta o valor dos Comunistas Silvenses, mas o candidato que o Senhor fala, e toda a gente conhece, o Dr. Manuel Ramos já fazia parte das últimas listas para a Câmara Municipal, e viu-se o resultado...
E posso enunciar-lhe outro que desde sempre tem vencido a freguesia de Silves - o Mário Godinho. Também vinha nas listas, e viu-se o resultado...
E o Dr. Sebastião Viola, da saga dos Violas, também vinha nas listas, e viu-se o resultado...


De o carnaval a 11 de Janeiro de 2007 às 17:52
"Carneiro Jacinto diz"nao tenho fortuna pessoal" - COM UM JAGUAR À PORTA? Foi oferecido?
" ...os apoios políticos..." Afinal existe uma camuflagem. Sempre está à espera dos apoios dos partidos.
Afinal o meireles tinha razão.


De Mário Carneiro a 11 de Janeiro de 2007 às 22:28
Já há muito tempo que esperava que o JAGUAR do Carneiro Jacinto viesse à baila.
Em primeiro lugar, seria muito bom sinal que todos os presentes e futuros Presidentes de Câmaras, Assembleias, Assembleias de Freguesia, e, por norma, todos os Políticos deste País, tivessem Jaguares, Bentleys e Lamborghinis, às portas de suas casas. Era sinal que se vivia muito bem neste País...
Ora, parece-me, se não estou enganado, que o Carneiro Jacinto trabalhou, durante anos, no Ministério dos Negócios Estrangeiros e, em alguns Países ricos, nomeadamente, em França, onde possivelmente terá comprado o referido Jaguar.
De certeza que me custou mais a mim, FUNCIONÁRIO AUTÁRQUICO superior, mas sem ajudas de custo, comprar o meu Honda, do que ao Carneiro Jacinto comprar o Jaguar dele. É tudo uma questão de oportunidades, de perspectivas e de Países.
Mas é preciso termos muito cuidado, quando falamos de lugares públicos, como é o lugar para o qual Carneiro Jacinto se candidata.
Por isso, ainda bem que tem um Jaguar, porque, se for o caso, é muito mais difícil, um indivíduo com fortuna pessoal, desde que bem formado, neste País de corruptos, corruptíveis e corruptores, deixar-se corromper ou ser tentado pela corrupção. Não precisa. Está acima dela.
Não posso concordar com a mentalidade do Portugal pequenino, ( em que Silves se revê ) que quanto mais indigente melhor político será. É que, superior ironia, assim, será, decidida e facilmente, muito mais manipulável pelos partidos que o apoiaram e pelos agentes económicos que sustentaram as suas campanhas eleitorais.
Afinal, quem tem razão?


De Paulo Silva a 12 de Janeiro de 2007 às 09:41
Caro Mário Carneiro,

Há duas formas de olhar para o Jaguar de Carneiro Jacinto e elas diferenciam os homens. Ou se admira, como muito bem fez, e se diz:

"Que belo carro! Vou trabalhar para ter um assim.

Ou se desdenha:

"Grande sacana, vais-te lixar e ainda vais andar a pé como eu."

Eu também fico contente pelo Jaguar e ainda à dias comentava com um amigo quer deveria ser "porreiro" ter um Presidente da Câmara que passasse o "reveillon" em Paris todos os anos.


De gabriela rocha martins a 12 de Janeiro de 2007 às 16:00
Amigo Paulo!
Ao contrário do que afirmavam as Revistas Lux e Caras, o Carneiro Jacinto e mulher, com o Jaguar à porta, passaram o "Reveillon" no Concelho de Silves...
A maior parte das vezes, as Revistas "cor de rosa", gostam de enganar os incautos!!!!!!!


De Fernando de Sousa a 11 de Janeiro de 2007 às 18:30
Começo por dizer aqui o que já tenho escrito no blog do Dr. Manuel Ramos, é que, apesar de não ser político e não me interessar muito por essas coisas da política que, cada vez me agradam menos, tenho as minhas opiniões, as minhas simpatias partidárias e costumo pensar pela minha cabeça.
Ora, porque penso e li o que o Sr. Carneiro Jacinto escreveu e o primeiro comentário do Dr. António Guerreiro com o qual não concordo em alguns aspectos. Mas há um com o qual não concordo mesmo. É a análise que o Senhor faz da apresentação da candidatura da actual Presidente da Câmara e o porquê do apoio do Presidente da distrital do PSD.
a Drª Isabel Soares, depois do Sr. Carneiro Jacinto ter apresentado a candidatura dele no passado mês, só tinha uma coisa a fazer para, de certo modo, desculpabilizar-se de tdas as ilegalidades praticadas. apresenatar-se ao eleitorado. Ao fazê-lo, mesmo que depois venha a desistir ( o que não será o caso, por ela, mas os processos ainda correm - se bem que deixem muito desejar neste País ), agora, perante o eleitorado tem que demonstrar que não teme o juizo popular. Como quem diz: quem não deve, não teme. Como eu não devo ( a ver, vamos ) aqui estou e com toda a minha actual equipa ( a ver, vamos ) porque tudo isto não passa de fumo lançado pelas oposições e pelos candidatos ( leia-se Carneiro Jacinto ) à presidência da Câmara.
O mais natural para quem ´deveria estar segura do seu papel, era serem as estruturas máximas do Partido PSD, das quais já foi membro, virem em sua defesa. Mas, até agora, ainda não se ouviu ou viu nenhum elemento do PSD Nacional vir em abono da sua Presidente da Câmara, já que, para o PSD a Câmara de SIlves ( coitada!!!! ) é tão importante que até chegam a comparar Silves ( imagine-se!!! ) com Albufeira ou Portimão ( no mapa da estratégia política algarvia ). Mas não!
Quem vem, ao fim de um mês, com argumentos vazios de conteúdo, apoiar a Drª Isabel Soares, porque mal ficaria o silêncio na estrutura regional do Partido, é o Dr. Mendes Bota que hoje diz que apoia o que amanhã deixa de apoiar.
E já agora atalhe de foice um comentário quanto às oposições ( PS e CDU ).
Agora é que nós vamos ver o que,realmente, move os dois Partidos da Oposição. Interesses pessoais e partidários - se ousarem apresentar, cada um um candidato que só servirá para dividir mais a esquerda, ou apoiar o candidato que, por antecipação já se apresentou e, obviamente, é um candidato à esquerda de Isabel Soares.
Os dados realmente es´tão lançados. É certo que ainda falta muito tempo para as eleições e que muita água irá correr por baixo das pontes, mas, agora é que nós vamos ver os verdadeiros motivos e quais os interesses que estão em jogo.
Os do Concelho de Silves ou os dos ditos silvenses e de seus Partidos ...
a ver vamos!

ps. Desculpe-me Sr. Carneiro Jacinto por ocupar tanto do seu tempo, mas entusiasmei-me, e embora sem perceber de política, não sou insensível ao que por aqui se passa. Obrigado.


De Francisco de Sousa a 11 de Janeiro de 2007 às 20:12
Há um pormenor que tu esqueces, Fernando.
É que não me lembro, e a nossa idade já conta nestas andanças de eleições, de ter visto a Drª Isabel Soares anunciar a sua recandidatura tão cedo.
Não precisou de fazê-lo quando se candiatou pela primeira vez - não é parva e os membros do PSD também não são todos mentecaptos.
E também não o fez quando se recandidatou.
E sabem porquê? - Porque pensou ,e viu-se pelos resultados eleitorais, que não tinha oposição à altura.E não teve...
Mas, agora a Senhora assustou-se, porque houve alguém que lhe baralhou todo o esquema - o Sr. Carneiro Jacinto.
Aí teve que vir, para como tu dizes e acho que bem, lavar a cara, com a ajuda, do "correlegionário" Mendes Bota.


De Maria Cristina a 11 de Janeiro de 2007 às 20:24
Tenho gostado desta maneira saudável de fazer política, utilizando a Internet e os blogues.
Só que os meus amigos, e aqui incluo o Carneiro Jacinto, o Manuel Ramos e até, porque não, o José Paulo, se esquecem do Concelho em que vivem. No Concelho de Silves sabem qual o número de Eleitores que têm acesso à Internet? Não se esqueçam - e nisso a actual Presidente tem sido perita - que a maior parte dos Eleitores são idosos, vivem isolados ( alguns ) e contentam-se com uma palminha nas costas, um bailarico e uma viagenzinha ( não agora porque não há dinheiro ) mas daqui a dois anos, as memórias são curtas, estas histórias de Vigas de Ouro e outras já deram que falar, e a Presidente volta a ganhar as eleições com os votantes ,idosos e, crédulos, deste Concelho. "Cotadinha da Senhora, ela é tão boa pessoa e é tão nossa amiga" - é assim, meus Amigos, com uma palmadinha nas costas, um bailarico e uma viagem, se calhar de autocarro - porque não há dinheiro para mais - que se ganham eleições.


De Judite Aquino a 11 de Janeiro de 2007 às 22:35
Fala por si, não?


De Tomaz de Aqui(no) a 11 de Janeiro de 2007 às 22:58
Mais um parente... Sousas, Meireles, Aquinos, Carneiros... Sr. Mário Carneiro (é de Sá ou de Cá?),
faz muito bem defender o Jaguar do seu (?) primo, como defende o seu Honda (?), como outros defendem os seus (?) BMWs! Mas acaba dizendo que ele tem fortuna pessoal, o que presssupostamente faria dele um incorruptível, quando o próprio afirmou não a ter...
Os presidentes de câmara não têm que fazer, no início do mandato, uma declaração dos seus bens e rendimentos, como fazem outras categorias de políticos, a nível central? Se não a fazem, deviam fazê-la, e terem que, no final dos mandatos, justificar "os acréscimos". Por via das dúvidas...


De André Neves Bento a 12 de Janeiro de 2007 às 00:37
De facto o Dr. Carneiro Jacinto tinha razão e o número de visitantes tem aumentado significativamente. Isto está a melhorar!... Cada vez há mais contribuições e já não deixo de cá vir para me manter informado acerca do que se vai escrevendo... Venham mais!


De euviumsapo a 12 de Janeiro de 2007 às 16:48
Já entendi porque aumentar o número de visitas a este blogue.Tem a ver com a vontade louca que os comentadores têm de andar num Jaguar.
E o que me leva a pensar isso, é aforma como se discute o facto de alguém ter um Jaguar? Interessante o Sr. António tem um Jaguar. Eu também tenho um,mas em miniatura também quererão saber como o obtive? De certeza que não!!!Cada um tem o que a vida lhe prociona.
E é por termos comentadores que se preocupam com o que cada um tem, e não com o que cada um é , e o que virá a dispensar como mais valia ao nosso Concelho, que vivemos num Concelho esquecido.
Onde os atropelos são mais que muitos. E onde não evoluimos essencialmente como pessoas.
Porquê? Porque ninguém discute causas promordiais, como por exemplo o estado da saúde do Concelho, o estado da habitação social, o estado da educação, o estado da cultura, etc.Estas questões pouco interessam, o que interessa é o valor do IRS, e o património que cada um possui.
Cada vez somos mais mesquinhos como seres, e, tenho poucas esperanças que consigamos chegar a algum lado discutindo"coisas" inócuas.


De LMV a 12 de Janeiro de 2007 às 23:18
Até que enfim, alguém com dois palmos de testa para perceber alguma coisa. Tanta conversa neste blog por causa de um jaguar. Se todos dispensassem tanta inteligência em arranjar argumentos para destruir alguém por ter um carro de marca dita boa (não sei porque nunca entrei dentro de um e sem ver, não poderei ter uma opinião forte e sustentada), e se dedicassem ao que Silves necessita, não seria bem melhor? E Silves necessita do quê? Sabem? Mas porque é que ainda não vi ninguém falar da pessoa que aqui criou um blog e se propõe a presidente de câmara . Será competente? Terá capacidades para liderar uma autarquia como a de Silves? Conseguirá apoios suficientes para se determinar como um forte candidato? Discussões vazias, como um carro à porta de casa, mostram um pouco do mesquinho que todos temos um pouco, mas que, sabe-se lá porquê, em Silves exacerba-se essa faceta humana, de uma forma quase natural e descontrolada. Todos sem excepção deverão pensar em conter essa necessidade de criticar os outros por aquilo que têm e não por aquilo que fazem. Eu já penso assim. Talvez porque não apoie desesperadamente o meu patrão nem o meu possível futuro patrão.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

NOVO BLOGUE

COMPROMISSO DE HONRA

SOBRE AS FEIRAS MEDIEVAIS...

MAIS UMA HISTÓRIA INTERMI...

TRÊS REFLEXÕES EM TEMPO D...

SÃO MARCOS DA SERRA - UM ...

UMA ENORME TRISTEZA ...II

UMA ENORME TRISTEZA ...

DE COMO SE "PERDEM" MILHÕ...

O QUE É PRECISO PARA GANH...

arquivos

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

links
VISITANTES
Relógio
Fazer olhinhos
blogs SAPO